Juntando PDF’s por linha de comando no fedora

Publicado: 25 de abril de 2015 em Dia a Dia, dicas, Fedora, Linux
Tags:, , , ,

Fala pessoal,

Essa semana tive precisei juntar alguns pdf’s e não estava muito afim de instalar um software só para fazer isso, pesquisando um pouco achei o GhostScript, um interpretador PostScript e PDF que também é um aplicativo de código aberto, se quiserem saber mais é só acessar aqui: http://www.ghostscript.com/
Apesar de ser um pouco mais complicado de lembrar, o comando para gerar um pdf único com ele é bem fácil de entender.
Antes de tudo vamos instalar o GhostScript, como eu estou utilizando o Fedora 21, vou usar o gerenciador de pacotes YUM, aí varia do gosto da pessoa e a distro que ela está utilizando.
Para instalarmos o GhostScript usei o comando:

sudo yum -y install ghostscript

Após instalado, iremos para a pasta onde estão os pdfs a serem mesclados, a sintaxe básica do comando que iremos usar é bem simples:

gs -dNOPAUSE -dBATCH -sDEVICE=pdfwrite -sOutputFile=saida.pdf 1.pdf 2.pdf 3.pdf

Entendendo o comando:

gs = é a chamada do aplicativo GhostScript
-dNOPAUSE = com esse parâmetro o GhostScript não irá pausar esperando a confirmação do usuário a cada página adicionada, que é o comportamento padrão
-dBATCH = Após o último arquivo, o GhostScript vai sair automaticamente e não irá esperar a confirmação do usuário
-sDEVICE=pdfwrite = Aqui você indicará qual o dispositivo de saída que será gerado seu arquivo, como queremos um arquivo PDF nós usamos o dispositivo pdfwrite. A lista de dispositivos disponíveis pode ser vista com o comando gs —help.
-sOUTPUTFILE = Nesse parâmetro iremos indicar qual vai ser o nome do arquivo de saída gerado, sempre lembrando de colocar a extensão .pdf
Caso você não queira ver as mensagems que o GhostScript exibe em tela, pode colocar também o parametro -q.

Após os comandos, nós colocamos o nome do arquivo que queremos em ordem de montagem, no nosso caso o arquivo 1.pdf será o primeiro, seguido do 2 e assim por diante. Caso precise fazer essa comando com por exemplo uns 500 arquivos basta colocar todos os arquivos em uma pasta e substituir todos esses nomes de arquivo por *.pdf. Só se atente ao fato de que isso irá pegar os arquivos por ordem de nome.
Após todo esse processo, teremos nosso arquivo inteiro pronto para ser usado.

Abraços!!

Abraços…[

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s